Câmara aprova em primeiro turno mandatos de cinco anos

02:12 Política, Notícias 11/06/2015 - 07h02 Brasília Embed

Lucas Pordeus Leon

Na segunda semana de votações da reforma política, o plenário da Câmara dos Deputados aprovou com 348 votos a favor, 110 contra e 3 abstenções o mandato de cinco anos para todos os cargos eletivos. A mudança começa em 2020.

 

Em 2016, os prefeitos eleitos continuam com 4 anos. Em 2018, deputados federais, governadores e presidente também vão ter um mandato de quatro anos. Já os senadores serão eleitos em 2018 para um mandato de nove anos. Tudo isso para que em 2020 e 2022 todos os mandatos já possam ser de cinco anos.

 

O deputado Ivan Valente, do PSOL paulista, concordou com o tempo de 5 anos.

 

O líder do PPS, Rubens Bueno, preferia um tempo menor para os mandatos.

 

A Câmara ainda manteve nessa quarta-feira o voto obrigatório. Foram 134 deputados a favor do voto facultativo,  311 contra  e 3 abstenções. A proposta de coincidência de todas as eleições em uma mesma data também foi rejeitada. Os deputados voltam a debater a reforma política nesta quinta-feira. Pode ser votada a cota para mulheres e mudança do dia da posse.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique