Empresa de investigação desiste de contrato com CPI da Petrobras

01:20 Política, Notícias 14/08/2015 - 01h29 Brasília Embed

Lucas Pordeus Leon

A Kroll - empresa contratada pela CPI da Petrobras na Câmara para investigar acusados de corrupção na estatal – informou nesta quinta-feira que não vai fechar novo contrato com a CPI.

 

Com isso, a CPI divulgou a lista das 12 pessoas que eram investigadas pela Kroll. Entre elas, estão ex-diretores da Petrobras, como Paulo Roberto Costa e Renato Duque, e também o ex-tesoureiro do PT, João Vaccarri Neto, o empreiteiro da UTC, Ricardo Pessoa e a viúva do ex-deputado José Janene, Stael Janene.

 

A empresa foi contratada por R$ 1,8 milhão para rastrear recursos de corrupção descobertos pela investigação da Lava Jato. O presidente da CPI, deputado Hugo Motta, do PMDB, lamentou a saída da empresa, mas acredita que a Comissão vai aproveitar algumas informações.

 

A contratação da Kroll era alvo de críticas dentro da CPI porque os nomes dos investigados não eram divulgados.

 

A empresa informou que não renovou o contrato pela falta de acordo em relação aos termos contratuais.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique