Ministério Público quer criminalizar caixa dois em campanhas

01:59 Política, Notícias 18/08/2015 - 08h41 Brasília Embed

Gilberto Costa

O Ministério Público está fazendo campanha para coleta de assinaturas em favor do que considera medidas de combate à corrupção e à impunidade.

 

Entre as medidas estão criminalização do caixa dois e a responsabilização dos partidos políticos pela arrecadação e uso de recursos não declarados em campanha eleitoral.

 

Além dessa medida, o Ministério Público quer que seja considerado crime o enriquecimento ilícito de funcionários públicos, e que a corrupção que envolva valores correspondentes a 100 salários mínimos seja considerada crime hediondo.

 

O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios aderiu a campanha que foi iniciada pelo Ministério Público Federal.

 

Segundo a promotora de Justiça Luciana Asper, do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios, entre as medidas estão propostas meios para evitar a prescrição de condenações por meio da apresentação recursos em segunda instância.

 

A intenção do Ministério Público é colher um milhão e 500 mil assinaturas até 9 de dezembro, Dia Internacional de Combate à Corrupção.

 

As pessoas interessadas em conhecer as medidas propostas pelo Ministério Público para o combate à corrupção ou participar da campanha devem acessar o site www.dezmedidas.mpf.mp.br.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique