Congresso volta a discutir hoje vetos presidenciais

02:56 Política, Notícias 30/09/2015 - 07h36 Brasília Embed

Gilberto Costa

O Congresso Nacional deve voltar a se reunir nesta quarta-feira para finalizar a apreciação dos vetos presidenciais, iniciada na semana passada. Estão para ser votados seis vetos cujas análises não foram concluídas na sessão do último dia 22.

 

O mais polêmico é o que negou o reajuste escalonado em até 78,56% aos servidores do Judiciário.

 

A aprovação do reajuste mobiliza desde junho os servidores do Judiciário que reclamam de estarem sem aumento há nove anos. De acordo com a Presidência da República, o reajuste teria um impacto de R$ 36 bilhões nas contas públicas entre 2015 e 2019.

 

Além dos vetos a projetos de impacto econômico, o presidente da Câmara dos Deputados quer que o Congresso analise os vetos publicados nesta terça-feira referente a mudanças na legislação eleitoral.

 

Segundo o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, os líderes condicionam a análise dos vetos que interessam ao governo à inclusão dos vetos à lei eleitoral.

 

Em paralelo à decisão de realizar a sessão do Congresso Nacional, o presidente da Câmara convocou três sessões extraordinárias de votação, o que pode inviabilizar a apreciação dos vetos como está marcada.

 

Segundo o presidente do Senado Renan Calheiros, que deverá conduzir a sessão conjunta das duas casas, o posicionamento da Câmara dos Deputados quebra a regra de apreciação dos vetos e a inclusão dos vetos à lei eleitoral não é recomendável.

 

A Câmara dos Deputados realizará sessão extraordinária às 11 horas para votar a Medida Provisória que cria uma nova fórmula para o cálculo de aposentadorias. A MP recebeu mais de 100 emendas e perde a validade no próximo dia 15 de outubro.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique