Advogados de Delcídio devem entrar com pedido de habeas corpus

01:18 Política, Notícias 27/11/2015 - 17h52 Brasília Embed

Danyele Soares

A defesa do senador Delcídio do Amaral informou que deve divulgar uma nota à imprensa sobre o depoimento do parlamentar à Polícia Federal.

 

Nessa quinta-feira, o parlamentar foi confrontado com as gravações onde ele tenta supostamente evitar que o ex-diretor da área internacional da Petrobras, Nestor Cerveró, assinasse acordo de delação premiada.

 

Delcídio reconheceu que participou da reunião, mas negou que queria impedir o acordo. A defesa informou ainda que outro depoimento deve ser marcado para que o senador preste mais esclarecimentos.

 

Os advogados estudam entrar com um pedido de habeas corpus para libertar o parlamentar, mas ainda não há data.

 

Na quarta-feira, a Polícia Federal prendeu Delcídio do Amaral, o chefe de gabinete dele, Diogo Ferreira, e o banqueiro André Esteves, do banco BTG Pactual.

 

De acordo com a Procuradoria-Geral da República, o parlamentar chegou a oferecer 50 mil reais mensais à família do ex-diretor para que ele não firmasse o acordo de delação premiada. Delcídio do Amaral e Diogo Ferreira estão na Superintendência da Polícia Federal em Brasília e o empresário está no Rio de Janeiro.

 

O parlamentar está em uma sala administrativa que tem cerca de 9 metros quadrados. O local foi transformado em sala de Estado Maior, porque congressista tem foro privilegiado.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique