Conselho mantém promotor em caso de Lula, mas recomenda supervisão

02:46 Política, Notícias 23/02/2016 - 15h43 Brasília Embed

Danyele Soares, ao vivo

O Conselho Nacional do Ministério Público decidiu, por unanimidade, manter a investigação sobre o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva e a esposa dele, Marisa Letícia Lula da Siva, com o promotor de Justiça do Ministério Público de São Paulo Cássio Conserino.

 

Na última semana, o deputado federal do PT, Paulo Teixeira, pediu ao Conselho para enviar o caso para outro promotor. O deputado alegou que a decisão de Cássio Conserino de ouvir Lula e Marisa teria sido parcial, pois o Ministério Público paulista não teria feito a distribuição aleatória das investigações, como mandam as normas do órgão. Então, o conselheiro Valter Shuenquener decidiu suspender a oitiva do ex-presidente e de Marisa, até que o Conselho analisasse o caso, o que aconteceu agora.

 

A decisão ainda alertou que a atuação de Cássio Conserino deve ser supervisionada pelo Ministério Público de São Paulo para evitar excessos, já que ele teria dado uma entrevista à imprensa onde afirmou que teria elementos para denunciar o ex-presidente.

 

O procurador-geral de Justiça do estado de São Paulo, Márcio Elias Rosa, que defendeu o promotor, comemorou a decisão e explicou.

 

Já o advogado do ex-presidente, Cristiano Zanin, afirmou que a defesa vai analisar a decisão e pode recorrer.

 

Para o deputado Paulo Teixeira, a decisão deve nortear a atuação do Ministério Público daqui para frente. Mas ele alertou.

 

Enquanto o caso era analisado, cerca de 15 pessoas protestaram do lado de fora em favor do promotor Cássio Conserino e contra o ex-presidente Lula.

 

Lula e a esposa prestariam depoimento à Justiça na última quarta-feira (17) sobre suposta ligação com um tríplex no Guarujá, em São Paulo.

 

* Matéria alterada em 23.02.16, às 18h08, para acréscimo de informações.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique