Ministério Público quer nova abertura de processo contra Renan Calheiros

00:54 Política, Notícias 23/02/2016 - 08h18 Brasília Embed

Priscilla Mazenotti

O Supremo Tribunal Federal (STF) recebeu novo pedido de abertura de investigação sobre o presidente do Senado, Renan Calheiros.


Dessa vez, relacionado a um inquérito que está desde 2013 no Supremo e que apura se ele teve contas particulares pagas pelo lobista de uma empreiteira. O dinheiro teria sido usado para pagar a pensão a uma filha que teve fora do casamento.


Na ação, Renan Calheiros é acusado também de ter adulterado documentos para justificar os pagamentos. O caso veio à tona em 2007.


A Procuradoria-Geral da República quer investigá-lo pelos crimes de lavagem de dinheiro e peculato. A defesa de Renan alega que todas as operações financeiras do senador foram devidamente registradas e contabilizadas.


O relator do caso é o ministro Edson Fachin.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique