Henrique Alves pede demissão do Ministério do Turismo

01:11 Política, Notícias 28/03/2016 - 22h23 Brasília Embed

Victor Ribeiro

Henrique Eduardo Alves não é mais o ministro do Turismo. Em carta enviada para a presidenta Dilma Rousseff, ele informou que deixa o cargo, após 11 meses. E agradece à presidenta pela confiança e pela relação respeitosa. Henrique Eduardo Alves afirmou que foi uma decisão difícil, mas optou por sair do ministério por acreditar que já não existe mais chance de diálogo entre o governo e o PMDB, partido ao qual é filiado há 46 anos.

 

O Palácio do Planalto não comentou a saída do ministro. O PMDB vai anunciar oficialmente nesta terça-feira se continua na base governista.

 

Antes de pedir exoneração do Turismo, Henrique Eduardo Alves participou de uma reunião com Dilma Rousseff. A presidenta também se reuniu com outros ministros do PMDB: Marcelo Castro, da Saúde; Celso Pansera, da Ciência e Tecnologia; Helder Barbalho, ministro dos Portos; Mauro Lopes, da Aviação Civil; e Eduardo Braga, das Minas e Energia.

 

Além desses seis ministros, o PMDB também ocupa a pasta da Agricultura, com Kátia Abreu, que não se reuniu com Dilma. Se o partido decidir sair da base governista, deve estabelecer um prazo para todos os ministros pedirem exoneração.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique