Ex-governador de Roraima é transferido para presídio na fronteira com a Venezuela

01:23 Política, Notícias 21/06/2016 - 15h01 Brasília, DF Embed

Graziele Bezerra

Depois de quase um mês internado, em um hospital de Boa Vista, o ex-governador de Roraima, Neudo Campos, foi transferido, nessa segunda-feira (20) para Pacaraima, na fronteira do Brasil com a Venezuela.

 

A transferência foi determinada pela Justiça Federal atendendo a um pedido da Polícia Federal. A polícia alega que a Superintendência em Boa Vista não tem cela para custódia de presos, e quando alguém é detido, acaba ficando em uma sala comum de trabalho, o que pode comprometer a segurança do preso.

 

Ainda de acordo com a Polícia Federal, a Delegacia em Pacaraima possui cela com instalações específicas, adequadas, e consequentemente, mais seguras.

 

A princípio Neudo Campos seria levado para um presídio de segurança máxima em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, mas a defesa dele entrou na Justiça pedindo a suspensão da transferência. A defesa ainda aguarda decisão sobre o pedido de habeas corpus do político.

 

O ex-governador de Roraima está preso desde 24 de maio. Alegando problemas de saúde, acabou internado em um hospital de Boa Vista. Ele foi condenado pela Justiça Federal acusado de envolvimento em um esquema de desvio de verbas públicas conhecido como escândalo dos gafanhotos.

 

O advogado de Neudo Campos, Marcelo Campos, não atendeu ao contato da reportagem.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique