Mendonça Filho nega ter recebido recursos da construtora UTC

01:27 Política, Notícias 20/06/2016 - 08h48 Brasília Embed

Danyele Soares

O ministro da Educação, Mendonça Filho, negou que tenha recebidos recursos da construtora UTC para a campanha a deputado federal pelo DEM em 2014.

 

Em documento enviado ao Supremo Tribunal Federal, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, disse que há indícios de que o então candidato tenha recebido propina no valor de R$ 100 mil da companhia.

 

Janot também diz que é curioso observar, na prestação de contas, que o então candidato tenha recebido exatos R$ 100 mil das construtoras Odebrecht e Queiroz Galvão.

 

As considerações de Janot foram enviadas à Suprema Corte no começo do ano, mas só agora perderam o sigilo.

 

Em nota, Mendonça Filho esclareceu que foi procurado por interlocutores da empresa que ofereceram uma doação legal no valor de R$ 100 mil. Mas o então candidato teria dito que não queria a doação e aconselhou a companhia a entregar o dinheiro ao partido.

 

Segundo o ministro, a doação foi feita ao partido de forma legal e está registrada na prestação de contas do DEM de 2014, junto à Justiça Eleitoral. Ele também diz que as doações das construtoras Queiroz Galvão e Odebrecht foram feitas de forma legal e estão registradas na Justiça Eleitoral.

 

Em nota, a UTC Engenharia afirmou que não comenta investigações em andamento. A Queiroz Galvão também não comenta e ressaltou que todas as doações eleitorais obedecem à lei. E a Odebrecht disse que não vai se manifestar.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique