Presidente da Câmara diz que PEC sobre gastos públicos será votada até novembro

01:52 Política, Notícias 27/07/2016 - 14h57 Brasília Embed

Priscilla Mazenotti

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, discutiram hoje a PEC que estabelece o teto para os gastos públicos.

 

Meirelles afirmou que a votação dessa PEC é importante para o ajuste fiscal e para restaurar a confiança de consumidores e empresários na economia.

 

Rodrigo Maia afirmou que o cronograma da PEC é factível e poderá ser cumprido mesmo com o calendário eleitoral.

 

Maia afirmou, ainda, que na semana que vem, vai colocar em votação a proposta que trata da renegociação das dívidas dos estados. Esse será o primeiro projeto a ser votado no retorno do Congresso aos trabalhos, a partir de primeiro de agosto.

 

Meirelles e Maia falaram também sobre a proposta sobre a repatriação de recursos não declarados no exterior. Ficou acertado que esse não é um bom momento para mudar as regras e que o prazo para regularização dos recursos, que termina no dia 31 de outubro, não será alterado.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique