Coletivos de brasileiros no exterior protestam contra impeachment

01:36 Internacional, Notícias 25/08/2016 - 16h24 Buenos Aires Embed

Monica Yanakiew

Quarenta e um coletivos de brasileiros que vivem en exterior enviaram uma carta ao Senado, nesta quinta-feira (25). Eles manifestaram sua posição contra o impeachment da presidenta Dilma Rousseff.

 

E anunciaram que vão fazer uma vigília pela democracia na porta das embaixadas brasileiras em 20 países: Alemanha, Argentina, Austrália, Bélgica, Canadá, Chile, Dinamarca, Espanha, Estados Unidos, França, Holanda, Inglaterra, Irlanda, Itália, México Noruega, Portugal, Suécia, Suíça e Uruguai.

 

Na carta, eles pedem aos senadores que respeitem o voto da maioria dos brasileiros que reelegeu Dilma Rousseff em 2014. Segundo eles, o impeachment não passa de um golpe, que pretendem denunciar.

 

Os assinantes argumentam que no dia 27 de junho a perícia técnica dos documentos do processo, feita pelo Senado, comprovou que a presidenta afastada não participou das pedaladas fiscais, crime pelo qual está sendo acusada. 

 

A carta também cita os nomes dos políticos, acusados de corrupção no escândalo da Operação Lava Jato. 

 

Além de divulgar a carta à imprensa, esses grupos de brasileiros no exterior organizaram um twitaço com o hashtag #senadovotenao.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique