Defesa critica PF por impedir transferência de Garotinho a hospital particular

01:36 Política, Notícias 17/11/2016 - 15h16 Rio de Janeiro Embed

Tâmara Freire

O ex-governador do Rio de Janeiro, Anthony Garotinho permanece internado no Hospital Municipal Souza Aguiar,  no centro da capital, após passar mal por hipertensão, na tarde desta quarta-feira.

 

Por isso, ele ainda não foi transferido para a sede da Polícia Federal em Campos, no norte fluminense, cidade de origem do processo que levou a sua prisão.

 

Garotinho foi detido na manhã de quarta na zona sul da capital acusado de chefiar um esquema de compra de votos por meio do Programa Social Cheque Cidadão.

 

Quatro vereadores e a secretária de Assistência Social do município de Campos também tiveram sua prisão decretada anteriormente por participar do esquema que cadastrava pessoas no programa assistencial da prefeitura  em troca de votos nas eleições municipais deste ano.

 

O ex-governador atualmente ocupa o cargo de secretário de governo na administração da esposa, Rosinha Garotinho.

 

A defesa do ex-governador divulgou uma nota em que critica a Polícia Federal  por impedir que Garotinho seja transferido para um hospital particular onde poderia fazer exames mais detalhados.

 

O advogado de Garotinho disse que aguarda ainda a apreciação do pedido de habeas corpus encaminhado ao Tribunal Regional Eleitoral.

 

Na noite desta terça-feira, o pedido de liberação do ex-governador já foi analisado e negado pela ministra do Tribunal Superior Eleitoral, Luciana Lossio, que alegou supressão de instância já que a ação deveria ser analisada primeiramente em alçada estadual.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique