PF faz buscas na casa do deputado Marco Maia e do ministro do TCU Vital do Rêgo

01:14 Política, Notícias 05/12/2016 - 11h15 Brasília Embed

Priscilla Mazenotti

Foram cumpridos nove mandados judiciais em Brasília, na Paraíba e no Rio Grande do Sul em endereços pessoais, funcionais e de empresas ligadas ao deputado Marco Maia, do PT gaúcho, e ao ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) e ex-senador, Vital do Rêgo.


A investigação surgiu a partir da delação premiada do ex-senador Delcídio do Amaral, que declarou haver cobrança de pedágio por parte de Vital do Rêgo e de Marco Maia, na época em que os dois foram presidente e relator da CPI Mista da Petrobras, em 2014. Os dois teriam recebido pelo menos R$ 5 milhões não convocarem empresários para depor na CPI. Segundo a delação de Delcídio, o dinheiro foi cobrado de Léo Pinheiro, da OAS, Júlio Camargo, da Toyo Setal, e Ricardo Pessoa, da UTC - executivos que faziam parte do chamado Clube das Empreiteiras.

 

Vital do Rêgo e Marco Maia ainda não se pronunciaram sobre o assunto. Por causa dessas mesmas acusações, o então vice-presidente da CPI mista, o ex-senador Gim Argello, foi condenado a 19 anos de prisão. As As buscas e apreensões de hoje (5) foram autorizadas pelo ministro do Supremo, Teori Zavaski, a pedido do procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

 

* A matéria foi atualizada às 13h48, para inclusão de informações

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique