Nova operação da PF investiga compra de avião usado por Eduardo Campos em 2014

01:04 Política, Notícias 31/01/2017 - 10h01 Brasília Embed

Priscilla Mazenotti

A Polícia Federal (PF) cumpriu seis mandados de busca e apreensão e quatro mandados de condução coercitiva em Pernambuco. Trata-se da Operação Vórtex, que é um desdobramento da Operação Turbulência, que investigou um suposto esquema de empresas de fachada que teriam participado da compra do avião usado pelo ex-governador e então candidato à presidência, Eduardo Campos (PSB).


O avião, um Cessna Citation, caiu em 2014 matando o então candidato e outras seis pessoas.
 

A investigação mostrou que, na análise das contas bancárias das pessoas físicas e jurídicas para a compra do avião, uma terceira empresa teria ficado de fora da investigação original. 


A PF apurou ainda que essa empresa que enviou os recursos tem contratos milionários com o governo do estado e que suas doações a campanhas políticas aumentaram exponencialmente, segundo os policiais, ao longo dos últimos anos, principalmente para partido e candidatos apoiados pelo ex-governador.

 

* Post alterado às 14h de 21/01/2017 para inclusão de matéria consolidada. 

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique