Prefeito de São Paulo anuncia corte de 3 mil cargos comissionados

01:43 Política, Notícias 02/01/2017 - 19h54 São Paulo Embed

Eliane Gonçalves

Depois de começar o primeiro dia de mandato tirando fotos com roupa de gari, o prefeito de São Paulo  João Doria, do PSDB, anunciou as sete primeiras medidas de seu mandato. 

 

A primeira promessa é a redução de 15% nos valores de todos os contratos firmados com a prefeitura, com exceção das áreas de saúde, transporte e educação. Não foi informado o quanto será economizado com a medida e nem os contratos que sofrerão cortes. 

 

Ainda na linha da austeridade, o prefeito prometeu reduzir em 1.300 o número de veículos que atendem a prefeitura, o corte de 3 mil cargos comissionados e a criação do cargo de gestor de economia com a função de cortar gastos em cada secretaria municipal. 

 

A quinta medida anunciada pelo prefeito foi a criação de 66 mil novas vagas em creches. A ideia é adaptar agências bancárias desativadas, em parceria com bancos privados e estatais. Mas Dória não informou quais instituições financeiras já aderiram ao projeto.

 

Para calcular a demanda por vagas, a prefeitura usou a fila de espera de dezembro, que é tradicionalmente menor. Em setembro, por exemplo, o déficit era de 150 mil vagas. 

 

Outro programa anunciado foi o Calçada Livre, que promete recuperar calçadas da cidade em regime de mutirão e em parceria com a população.

 

Ao falar de saúde, o prefeito prometeu zerar a fila de exames médicos em no máximo seis meses, com o programa Corujão em parceria com hospitais privados que atendem pelo SUS.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique