Defesa de Dilma volta a pedir ao TSE que analise contas da campanha de 2014 junto com as de Temer

00:53 Política, Notícias 20/03/2017 - 07h00 Brasília Embed

Victor Ribeiro

Os advogados da ex-presidenta Dilma Rousseff voltaram a argumentar que as contas da chapa Dilma-Temer devem ser analisadas em conjunto. A defesa de Dilma apresentou, na última sexta-feira (17), provas de que as despesas de campanha de Michel Temer foram bancadas pelo comitê central da campanha. E o pagamento a fornecedores também era feito em conjunto.

 

Os documentos foram encaminhados ao relator do processo no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Herman Benjamin, e contradizem a versão de que Temer teria arrecadado os recursos financeiros separadamente.

 

Em nota, o Palácio do Planalto reiterou que a arrecadação da campanha foi feita de forma separada pelos candidatos.

 

O entendimento do TSE é que as contas de Dilma Rousseff e Michel Temer devem ser julgadas em conjunto. O tribunal analisa um pedido do PSDB para cassar a chapa vencedora na eleição de 2014.