Genoíno e Valdemar Costa Neto são excluídos de condecoração do Ministério da Defesa

01:07 Política, Notícias 25/05/2017 - 11h21 Brasília Embed

Danyele Soares

José Genoíno (PT) e Valdemar Costa Neto (PR), condenados no Processo do Mensalão, foram excluídos do quadro da Medalha da Vitória do Ministério da Defesa.


A condecoração é destinada a ex-combatentes que fizeram parte da Força Expedicionária Brasileira (FEB) durante a 2ª Guerra Mundial ou de militares e civis que tenham prestado serviços relevantes ou apoiado o ministério.


A determinação é do titular da pasta, Raul Jungmann, e foi publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira (26). A portaria, no entanto, não explica os motivos da exclusão do nome de ambos.


Genoino recebeu a medalha em abril de 2011, na gestão do então ministro da Defesa Nelson Jobim. Já Valdemar Costa Neto foi homenageado em maio de 2005, na gestão do ministro José de Alencar.


A Medalha da Vitória foi criada em 2004 e pode ser concedida aos militares das Forças Armadas, aos civis nacionais, aos militares e civis estrangeiros e outros agentes que tenham, por exemplo, integrado missões de paz, prestado serviços relevantes, ou apoiado o Ministério da Defesa no cumprimento de suas missões.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique