Caixa 2 da Odebrecht não foi exclusividade da chapa Dilma-Temer, diz Benjamin

01:04 Política, Sonoras 09/06/2017 - 10h17 Brasília Embed

Sonora

O relator do processo de cassação da chapa Dilma-Temer, Herman Benjamin, disse nesta sexta-feira (9) que a prática de caixa dois da Odebrecht, não foi exclusiva da coligação que elegeu Dilma Rousseff e Michel Temer, nas eleições presidenciais de 2014.

 

 

“A Odebrecht usou e abusou do método clandestino de apropriação, de reputação dos candidatos brasileiros, em quase todos os partidos”.

 

Ouça trecho do julgamento.