Especialistas analisam recusa de cassação da chapa Dilma-Temer no TSE

16:27 Política, Entrevistas 10/06/2017 - 15h24 Brasília Embed

Lucas Pordeus León

O TSE, Tribunal Superior Eleitoral, por 4 votos a 3, decidiu não cassar a chapa Dilma-Temer de 2014 e manteve o atual mandato do presidente da República. A decisão repercutiu nas redes sociais e nas mídia. Para analisar o julgamento, vamos conversar, ao mesmo tempo, com a especialista em direito eleitoral e professora da FGV, Fundação Getúlio vargas, Silvana Batini e também com o advogado especialista em direito eleitoral e Público, Marcelo Aith.

 

Vamos começar pelo ponto central do debate que definiu o resultado que o dilema se as delações dos ex-executivos da empreiteira Odebrecht e dos marqueteiros da campanha poderiam ou não ser consideradas como provas.

 

Confira mais detalhes.