Prefeito do Rio pede que empresas de ônibus congelem tarifas até 2018

02:19 Política, Notícias 11/06/2017 - 15h09 Rio de Janeiro Embed

Lígia Souto

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, fez um apelo, neste sábado  (10), às empresas de ônibus para que deixem o aumento nas tarifas para o ano que vem. O reajuste deste ano não foi autorizado nem pelo prefeito anterior, Eduardo Paes, nem pelo atual.

 

Por isso, as empresas de ônibus entraram na Justiça em abril passado. Depois de doar sangue no Hemorio, Crivella lembrou que a prefeitura fez vários investimentos para as empresas, como a criação dos BRTs, corredores exclusivos de ônibus, que teria, segundo a prefeitura, reduzido em 30% o custo operacional das empresas.

 

O Rio Ônibus, Sindicato de Empresas de Ônibus da cidade do Rio, publicou uma nota nesta sexta-feira (09) afirmando que a não concessão do reajuste anual das tarifas levaria ao colapso o transporte rodoviário do município. O sindicato classificou a decisão da prefeitura como “omissão”, alegando que o congelamento no preço das passagens pode levar à paralisação de todo o sistema, inclusive com a demissão de pessoas.

 

Em resposta, a prefeitura publicou uma nota nos jornais deste sábado, rebatendo a crítica de que estava sendo omissa. A prefeitura disse que o aumento da tarifa ocasionaria redução do número de passageiros já que, com a crise econômica, muitos não terão condições de pagar um valor mais alto.

 

Além disso, a prefeitura lembrou que as empresas ainda não atenderam à obrigatoriedade de colocar ar-condicionado em 100% da frota. As empresas, por sua vez, dizem que, ao não conceder o reajuste, a prefeitura inviabiliza a compra de novos ônibus com ar-condicionado.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique