Comissão aplica advertência a diretor da Petrobras e faz recomendação para secretária das Mulheres

01:26 Política, Notícias 21/08/2017 - 22h50 Brasília Embed

Kariane Costa

A Comissão de Ética Pública da Presidência aplicou uma advertência ética ao diretor de Governança, Risco e Conformidade da Petrobras, João Adalberto Elek Junior.

 

De acordo com a Comissão, em 2015, o diretor autorizou a contratação, sem licitação, de uma empresa de consultoria em que a filha dele disputava uma vaga de emprego.

 

O contrato, assinado no valor de 25 milhões de reais,  não deveria ter sido celebrado. O que chamou a atenção do colegiado, segundo o presidente da comissão, Mauro Menezes, é que João Adalberto atua justamente em uma área que deveria zelar pelo conflito de interesse.

 

Também nessa segunda-feira, a comissão recomendou para que a secretária de Políticas para Mulheres, Fátima Pelaes, não use o gabinete da pasta para cultos religiosos.

 

Fátima Pelaes  foi denunciada ao colegiado por supostamente celebrar cultos em seu gabinete e constranger servidores que se negassem a participar. Até o fechamento desta edição não conseguimos contato com a secretaria Fátima Pelaes.