Defesa pede ao STF afastamento de Janot do inquérito que investiga Temer

00:52 Política, Notícias 08/08/2017 - 21h03 Brasília Embed

Victor Ribeiro

A defesa do presidente Michel Temer pediu que o Supremo Tribunal Federal considere o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, suspeito para atuar no inquérito que investiga Temer e o ex-assessor do presidente e também ex-deputado federal Rodrigo Rocha Loures, do PMDB. Os advogados de Temer alegam que o procurador age de forma pessoal em ações contra o presidente.

 

Em junho, Janot denunciou Michel Temer ao Supremo pelo crime de corrupção passiva. A acusação se baseia na delação premiada da JBS. Na semana passada, a Câmara dos Deputados não autorizou a abertura da ação penal contra o presidente.

 

A decisão de afastar ou manter Rodrigo Janot no inquérito contra Michel Temer cabe, agora, ao ministro Edson Fachin, que é relator da denúncia. A Procuradoria-Geral da República não se manifestou sobre o pedido de Temer.

 

* Matéria atualizada às 21h37 para acréscimo de informações

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique