Novo decreto vai detalhar extinção da Reserva do Cobre para garantir áreas protegidas

02:00 Política, Notícias 28/08/2017 - 19h48 Brasília Embed

Kariane Costa

O novo decreto sobre a Reserva Nacional de Cobre e Associados mantém a reserva extinta. O que muda é que o governo detalha no texto o que pode ser permitido nas atividades de mineração na região.

 

Especifica, por exemplo, que é proibida a exploração de minério em reservas indígenas e áreas de preservação ambiental.

 

Foi o que informou em coletiva de imprensa, nessa segunda-feira (28), o ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho.

 

O ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho, disse que a edição do novo decreto já vinha sendo estudada, após o receio de que a falta de clareza no decreto anterior pudesse aumentar o desmatamento na Amazônia.

 

Esta é a segunda coletiva sobre o tema após a repercussão negativa da notícia da extinção da reserva, localizada nos estados do Pará e Amapá. Na última semana, artistas e personalidades criticaram a decisão do governo na internet.

 

O Palácio do Planalto argumenta que o objetivo da medida é aumentar a fiscalização e deter o garimpo ilegal na região.

 

* Post alterado às 07h05 de 29/08/17 para inclusão de matéria consolidada com sonora. 

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique