Forte esquema de segurança é montado para depoimento de Lula

01:17 Política, Notícias 13/09/2017 - 12h57 Brasília Embed

Priscilla Mazenotti

Em Curitiba, a expectativa é pelo novo depoimento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao juiz Sérgio Moro.


Foi montado um esquema de segurança que inclui mil policiais militares, além de policiais civis, Corpo de Bombeiros e Polícia Federal.


Cinquenta ônibus são esperados na capital paranaense com cerca de 5 mil manifestantes, número menor do que o total esperado em maio, quando Lula esteve frente a frente com o juiz Sérgio Moro pela primeira vez.


O trânsito também foi alterado para o depoimento, que começa logo mais, às 14h.


Este é o segundo processo que Lula responde no âmbito da Operação Lava Jato. Nele, o ex-presidente é acusado pelo Ministério Público Federal (MPF) de receber, pelo menos, R$ 13 milhões em vantagens indevidas, do Grupo Odebrecht, para beneficiar a empreiteira em contratos com a Petrobras.


Segundo a denúncia, a Odebrecht comprou um terreno em São Paulo para a construção do Instituto Lula e uma cobertura em São Bernardo do Campo, vizinha ao apartamento onde o ex-presidente mora.


Foi mantido o esquema de segurança como da primeira vez, quando a orientação foi para que grupos simpatizantes e contrários a Lula ficassem em locais separados, para que não haja risco de confronto.


Mesmo com o depoimento, o expediente na Justiça Federal em Curitiba será normal.