Sérgio Cabral é condenado a 45 anos de prisão na Lava Jato

02:35 Política, Notícias 21/09/2017 - 07h54 Brasília Embed

Ícaro Matos

O ex-governador do Rio, Sérgio Cabral, foi condenado a 45 anos e 2 meses de prisão pelos crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e organização criminosa. Cabral e mais 11 pessoas, incluindo sua mulher, Adriana Ancelmo, foram condenados na sentença final da Operação Calicute, desdobramento da Operação Lava Jato, proferida nessa quarta-feira (20), pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal.

 

Adriana Ancelmo foi condenada a 18 anos e 3 meses de reclusão por lavagem de dinheiro e participar de organização criminosa; Wilson Carlos, secretário de Cabral, a 34 anos de prisão por lavagem de dinheiro e organização criminosa. Hudson Braga foi condenado a 27 anos de prisão por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e participação em organização criminosa.

 

Confira os detalhes na matéria de Ícaro Matos.

 

* Áudio atualizado às 09h26 de 21/09/17 para acréscimo de informações.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique