Câmara terá semana de folga; Senado tem sessão de votações nesta terça-feira

01:15 Política, Notícias 13/11/2017 - 17h23 Brasília Embed

Lucas Pordeus Leon

O feriado da proclamação da República, nesta quarta-feira (15), acabou sendo estendido.

 

O presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia, justificou a semana de folga. Disse que,  de todo jeito, não haveria quórum para votações caso tivesse convocado sessão.

 

O vice-líder do governo na Câmara, deputado Beto Mansur, do PRB, informou que os governistas vão aproveitar o feriadão para buscar os votos necessários para reforma da previdência.

 

Já o Senado marcou uma sessão de votações para esta terça-feira (14).

 

Está na pauta um projeto que destina ao Fundo Nacional de Saúde o dinheiro arrecadado com impostos sobre medicamentos e derivados do tabaco.

 

Também está na fila outro projeto que acaba com a pena de prisão disciplinar para policiais e bombeiros militares dos estados e do Distrito Federal.