Maia critica quantidade de medidas provisórias editadas pelo governo

01:36 Política, Notícias 14/11/2017 - 18h13 Rio de Janeiro Embed

Cynthia Cruz

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, criticou nesta terça-feira (14) o número de medidas provisórias editadas pelo governo.

 

Segundo Maia, as MPs estão trancando a pauta e interferindo de forma crescente nos trabalhos da Casa.

 

O presidente da Câmara participou de um anúncio de repasse de recursos de emendas parlamentares a unidades de pronto-atendimento em municípios do Rio de Janeiro.

 

Ainda segundo Rodrigo Maia, caso as alterações das leis trabalhistas venham por meio de projeto de lei, serão votadas em no máximo três semanas.

 

O evento em que Maia esteve contou com a presença de parlamentares da bancada fluminense no Congresso e prefeitos da capital e do interior do estado. Foram distribuídos aos prefeitos cheques simbólicos com R$ 40 milhões em recursos que serão destinados às unidades de pronto-atendimento.

 

Os recursos foram obtidos por meio de emendas parlamentares.

 

Procurada pela reportagem, a assessoria de imprensa do Palácio do Planalto informou que não comentará as declarações de Maia.

 

* Com informações da Agência Brasil.