Após suspender reforma da Previdência, governo define pauta prioritária para este ano

02:30 Política, Notícias 19/02/2018 - 22h59 Brasília Embed

Kariane Costa

Após o governo afastar a possibilidade de votar a reforma da previdência enquanto a intervenção federal do Rio de Janeiro  estiver em vigor,  ministros e líderes da base no Congresso anunciaram uma nova pauta prioritária para votação neste ano.

 

Foram apresentados  no Palácio do Planalto 15 pontos, que são  considerados importantes do ponto de vista fiscal e econômico , como explica o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira.

 

Dentre os pontos colocados, estão a reforma do PIS/Cofins,  o marco legal de licitações e contratos,  o programa de recuperação e melhoria empresarial das estatais, a privatização da Eletrobras e a nova lei de finanças públicas.


De acordo com o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, a decisão foi tomada pelo presidente Michel Temer, após constatada a impossibilidade de tramitação da reforma da previdência.

 

De acordo com o líder do governo no Senado, Romero Jucá, os presidentes da Câmara e do Senado vão se concentrar para aprovar essas medidas ainda este ano.

 

Os ministros e líderes negam que a reforma da Previdência esteja enterrada. Para Padilha, é possível aprovar a proposta após as eleições.

Deseja fazer algum tipo de manifestação?

Favor copiar o link do conteúdo ao apresentar sua sugestão, elogio, denúncia, reclamação ou solicitação.