Pesquisa da CNI mostra que 44% dos eleitores estão pessimistas com as eleições deste ano

02:03 Política, Notícias 13/03/2018 - 19h10 Brasília Embed

Graziele Bezerra

Se fosse um anúncio de emprego, o cargo para presidente exigiria do candidato boa relação com o congresso, experiência, conhecimento sobre os problemas do país, boa formação educacional e até fé em Deus.

 

É isso que aponta a pesquisa Perspectivas para as eleições de 2018, da CNI – Confederação Nacional da Indústria, divulgada nesta terça-feira.

 

Mas o que o contratante quer mesmo, acordo com Renato da Fonseca, Gerente executivo de pesquisa e competitividade da CNI, é um candidato honesto.

 

O gerente de pesquisa diz ainda que o eleitor está desapontado com a política. E é por causa da corrupção.

 

Mas brasileiro que é brasileiro não desiste nunca e dentre aqueles que ainda confiam na política, 32%  disseram que tem expectativa de mudança e renovação e outros 19%  tem esperança no voto e na participação popular.

 

A pesquisa ouviu duas mil pessoas em 127 cidades, entre 7 e 10 de dezembro do ano passado. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.