Atos marcados por flores, faixas e cartazes lembram um mês do assassinato de Marielle e Anderson

03:00 Política, Notícias 14/04/2018 - 16h04 Rio de Janeiro Embed

Joana Moscatelli

Diversos pontos do Rio de Janeiro, amanheceram neste sábado (14) com faixas e imagens lembrando a vereadora Marielle Franco, assassinada há um mês com tiros na região central da cidade, ao lado do motorista Anderson Gomes.

 

No Largo do Machado, na Zona Sul do Rio, o dia começou com flores e cores vivas para mostrar que a memória da mulher alegre e incansável que era Marielle ainda está presente.

 

A irmã da vereadora, Anielle Barbosa, falou da importância de manifestações como essa que lembram o legado de Marielle que lutava por causas ligadas aos direitos das mulheres, negros e LGBT.

 

Diversos políticos do partido de Marielle, o Psol, também estavam presentes na praça. O deputado Marcelo Freixo, com quem a vereadora trabalhou durante muito tempo, falou que o amanhecer é um ato de amor diante da brutalidade com que Marielle foi morta.

 

 

A amiga e também vereadora Talíria Petrone lembrou que apesar da dor, a luta pelas causas que Marielle defendia segue forte.

 

 

Além do Rio, diversas outras cidades pelo Brasil e no mundo realizaram atos em homenagem à vereadora. Quinta vereadora mais votada na cidade do Rio de Janeiro, Marielle se destacava na defesa das mulheres negras e na luta contra a violência policial.

 

No dia 14 de março, foi assassinada a tiros quando saia de um evento em direção a casa.

 

Os responsáveis pelo assassinato ainda não foram identificados. Segundo a Polícia Civil, a investigação segue sob sigilo.

Deseja fazer algum tipo de manifestação?

Favor copiar o link do conteúdo ao apresentar sua sugestão, elogio, denúncia, reclamação ou solicitação.