Lula está em Curitiba, onde começa a cumprir pena de prisão

01:53 Política, Notícias 07/04/2018 - 23h37 Brasília Embed

Juliana Russomano

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, onde começa a cumprir a pena de 12 anos pela condenação em segunda instância no caso do trilpex do Guarujá.
Lula vai ficar em uma sala especial que foi reservada para ele. O local funcionava como dormitório para agentes da PF e foi transformado em uma sala de Estado Maior, devido à condição de ex-presidente. No espaço, há apenas uma mesa, uma cadeira, uma cama e banheiro. Há ainda uma janela que dá vista para a parte interna do prédio.


A chegada do ex-presidente foi acompanhada por manifestantes favoráveis e contrários e o clima foi de tensão. Foram explodidas bombas de efeito moral para conter a multidão a favor de Lula.
Separados por um espaço de 30 metros, os grupos gritavam palavras de ordem. Apoiadores de Lula se emocionaram, o grupo usou um sinalizador ao saber que o ex-presidente havia desembarcado na capital paranaense. Do outro lado, manifestantes contrários comemoraram a prisão com fogos de artifício, buzinas e bandeiras do Brasil.

 

A chegada de Lula ao local foi negociada pela defesa dele e a Polícia Federal.


O ex-presidente é o primeiro do Brasil preso por crime comum. Antes de Lula, cinco ex-presidentes da República foram detidos, mas por motivações políticas. As prisões começaram com Hermes da Fonseca, no começo do século 20, depois, Washington Luís e Arthur Bernardes, nos anos 30, Café Filho, na década de 50, e Juscelino Kubitschek, durante a ditadura militar.

 

No caso de Lula, ele foi condenado após acusação de ter sido beneficiado com o repasse de 3 milhões e 700 mil reais para a compra e reforma do triplex no Condomínio Solaris no Guarujá.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique