Na primeira reunião com os novos ministros, Temer pede continuidade dos trabalhos

03:00 Política, Notícias 12/04/2018 - 16h16 Brasília Embed

Danyele Soares

Na primeira reunião após a reforma ministerial, o presidente Michel Temer foi enfático ao dizer que não serão permitidas mudanças nos programas dos ministérios. Ao fazer um balanço das ações do Executivo ao longo de quase 2 anos, Temer orientou os novos ministros a darem continuidade aos trabalhos.

 

E foi justamente esse o discurso dos ministros após a reunião. O titular da Fazenda, Eduardo Guardia, disse que deve apresentar ainda neste semestre um projeto de reforma do PIS e da Cofins. Também falou sobre a privatização da Eletrobras.

 

Explicou que a equipe econômica vai concentrar esforços para negociar com parlamentares a aprovação da medida provisória que altera leis sobre o setor elétrico e facilita a desestatização da empresa. Guardia ainda destacou que deve ser publicado nos próximos dias um decreto do Executivo que inclui a Eletrobras no Plano Nacional de Desestatitzação.

 

Na reunião, Temer também falou sobre Eletrobras. Ao falar sobre a revitalização do Rio São Francisco, ele admitiu que a desestatização enfrenta resistência no Congresso Nacional.

 

Na reunião, Temer também afirmou que o governo não vai se incomodar com críticas ou com aqueles que, segundo ele, dizem que o Executivo não pode fazer determinada ação. Segundo o presidente, enquanto as pessoas protestam, a caravana do governo vai passando.

 

O encontro reuniu 28 ministros. Apenas Aloysio Nunes, das Relações Exteriores, não participou da reunião porque está fora do país. Também participaram os presidentes do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, Dyogo Oliveira, do Banco Central, Ilan Goldfajn, da Caixa Econômica, Nelson Antônio de Souza, e do Banco do Brasil, Paulo Caffarelli.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique