Temer quer apuração de suposto vazamento do inquérito sobre decreto dos portos

02:30 Política, Notícias 27/04/2018 - 11h43 Brasília Embed

Danyele Soares

Em resposta a notícias publicadas pela imprensa sobre a investigação envolvendo o decreto dos portos, o presidente Michel Temer afirmou que vai pedir ao ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, para investigar supostos vazamento de informações envolvendo o inquérito policial. 

 

Segundo reportagem do jornal Folha de São Paulo, investigadores da Polícia Federal apuram o suposto recebimento de vantagens indevidas e a suposta lavagem de dinheiro no pagamento de reformas em casas de familiares do presidente.  O jornal diz que a investigação levanta suspeita sobre propriedades que estão em nome da primeira-dama, Marcela Temer, e do filho do casal. 

 

Temer disse, em pronunciamento, que a investigação ainda não terminou e questionou como a imprensa teve acesso ao inquérito já que nem os advogados tiveram acesso, pois a investigação está sob sigilo. Por isso vai pedir uma sindicância para apurar o caso.

 

Classificou a ação como  tentativa criminosa de atrapalhar o país com ataques ao presidente e que não vão conseguir derrubá-lo.

 

* Matéria atualizada às 19h33 com acréscimo de informações e inclusão de sonora.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique