Viva Maria: Socióloga da Uerj avalia alcance da Justiça na garantia de direitos

07:53 Política, Programetes 05/04/2018 - 04h04 Brasília Embed

Apresentação Mara Régia

ADCs, ADIs, Hcs, haja juridiquês para interpretar os discursos que, ontem (4), marcaram o julgamento do habeas corpus preventivo, protocolado pela defesa do ex-presidente Lula no Supremo Tribunal Federal (STF), em Brasília.

 

Até o fechamento desta edição, o placar era de 4 a 1 contra o habeas corpus e a ministra Rosa Weber, considerada 'o fiel da balança', ou seja, o voto decisivo a favor de Lula, se posicionou contra. 

 

Contudo, para além das especulações sobre o futuro da trajetória política do ex-presidente, Viva Maria, nesta edição, gostaria de avaliar este momento da vida brasileira à luz da sociologia.

 

Para isso, vamos ouvir Clara Araújo, ela que é socióloga e pesquisadora do Departamento de Ciências Sociais da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj) e coordenadora do Núcleo de Estudos sobre Desigualdade e Relações da universidade.

 

Clara Araújo, no momento, pesquisa os valores da democracia na América Latina. Seja muito bem-vinda!

 

Viva Maria: Programete que aborda assuntos ligados aos direitos das mulheres e outros aspectos da questão de gênero. É publicado de segunda a sexta-feira. Acesse aqui as edições anteriores.

 

* Pouco após a 0h desta quinta-feira (5), a ministra Cármen Lúcia, presidente do STF, desempatou a votação dos ministros, cujo placar chegou a ficar em 5 a 5, rejeitando o pedido de habeas corpus, feito pela defesa para evitar a prisão de Lula. Com isso, o pedido foi negado, por 6 votos a 5. Esta edição foi gravada ainda na quarta (4) à noite.