Segunda Turma do STF retoma na próxima terça-feira julgamento do deputado Nelson Meurer

01:38 Política, Notícias 16/05/2018 - 08h52 Brasília Embed

Victor Ribeiro

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) vai retomar na próxima terça-feira (22) o julgamento do deputado federal Nelson Meurer (PP-PR). Em mais de quatro anos de operação, ele é o primeiro réu da Lava Jato a ser julgado na Corte. 

 

O deputado e os filhos dele, Nelson Meurer Júnior e Cristiano Augusto Meurer, foram denunciados pela Procuradoria-Geral da República, em 2016, pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. De acordo com a PGR, Nelson Meurer recebeu R$ 357 milhões desviados da Petrobras, de 2004 a 2012. Naquela época, Meurer integrava a direção do Partido Progressista e a legenda foi quem indicou Paulo Roberto Costa para a Diretoria de Abastecimento da estatal.

 

Na primeira parte do julgamento, nessa terça-feira, a subprocuradora-geral da República Cláudia Sampaio pediu a condenação dos réus.

 

O advogado Alexandre Jobim, que representa o deputado Nelson Meurer, disse que a denúncia não conseguiu demonstrar o percurso do dinheiro – de onde saiu e onde está atualmente – e avaliou que faltam provas no processo. Já Michel Salib Oliveira, que defende os irmãos Nelson Meurer Júnior e Cristiano Augusto Meurer, também apontou falta de provas.

 

A defesa apresentou seis preliminares. São alegações que poderiam fazer o processo voltar algumas etapas ou mesmo anular a ação penal, mas todas foram rejeitadas pelo ministro relator, Edson Fachin, e pelo revisor, Ricardo Lewandowski.

 

Na próxima terça-feira, o julgamento recomeça com o voto de Fachin. Depois, votam os ministros Antonio Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski, Gilmar Mendes e Celso de Mello.