Ex-prefeita de Laranjal de Jari toma posse como deputada federal; ela foi condenada por improbidade

01:41 Política, Notícias 20/06/2018 - 16h50 Brasília Embed

Juliana Cézar Nunes

A ex-prefeita de Laranjal do Jari Euricélia Cardoso, do PP, tomou posse como deputada federal pelo Amapá nessa terça-feira. Ela assume a vaga na condição de quinta suplente de Roberto Góes, do PDT.

 

O Ministério Público Federal publicou recomendação contrária à posse de Euricélia por considerar que ela está com os direitos políticos cassados até 2025.

 

A ex-prefeita foi condenada em duas ações de improbidade administrativa por irregularidades na gestão dos recursos para saúde pública. Ainda assim, no primeiro semestre deste ano, Euricélia exerceu a representação federal do município amapaense de Tartarugalzinho, o que o Ministério Público também considera irregular.

 

A recomendação dos procuradores foi enviada ao Tribunal Regional Eleitoral do Amapá, que analisa o pedido de aplicação da inelegibilidade ao mandato de suplente. Caso a posse de Euricélia Cardoso seja mantida, o Ministério Público pretende adotar medidas judiciais.

 

Desde fevereiro do ano passado, o nome da ex-prefeita consta no Cadastro Nacional de Condenações Cíveis por Ato de Improbidade Administrativa e Inelegibilidade do Conselho Nacional de Justiça. De acordo com os procuradores, em março do ano passado a sentença transitou em julgado, ou seja, não cabe recurso.

 

Procuramos a deputada Euricélia Cardoso, mas até o fechamento desta reportagem não obtivemos retorno.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique