MPF pede desarquivamento de inquéritos contra Eduardo Braga e Omar Aziz

01:37 Política, Notícias 02/07/2018 - 15h00 Brasília Embed

Maíra Heinen

O Ministério Público Federal pediu ao Supremo Tribunal Federal a reabertura do inquérito contra os parlamentares amazonenses Eduardo Braga, do MDB e Omar Aziz, do PSD.

 

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, pede que seja reconsiderada a decisão do ministro Alexandre de Moraes, que arquivou o inquérito alegando sucessivas prorrogações sem novas diligências do MPF.

 

A investigação é sobre o envolvimento dos senadores no recebimento de R$ 1 milhão em propina. Os valores seriam contrapartida para favorecer o consórcio integrado pelo grupo Camargo Corrêa e a Construbase.

 

Segundo o inquérito, as vantagens indevidas teriam sido destinadas a Eduardo Braga, em 2007, quando ele era governador do Amazonas. Para Omar Aziz, os valores teriam sido entregues entre 2010 e 2011, após ele assumir o governo do estado, com a saída de Braga para disputar uma vaga no Senado.

 

Raquel Dodge requereu o envio do caso à Justiça do Amazonas por entender que os fatos supostamente criminosos ocorreram quando os investigados ocupavam o cargo de governador, e não de senador. Mas o Ministro Alexandre de Moraes arquivou o caso em vez de remeter à primeira instância.

 

Para Raquel Dodge, o fato de o inquérito ter permanecido durante determinado tempo no MPF para análise do relatório da Polícia, não justifica o arquivamento das investigações.

 

Até o fechamento desta reportagem, os senadores Eduardo Braga e Omar Aziz não responderam aos pedidos de informação.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique