Tribunal absolve ex-deputado André Vargas em ação sobre compra de imóvel

01:03 Política, Notícias 19/07/2018 - 11h59 Brasília Embed

Lucas Pordeus León

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região, sediado em Porto Alegre, absolveu o ex-deputado federal André Vargas e o irmão dele, Leon Denis Vargas, do crime de lavagem de dinheiro em relação à aquisição de um imóvel em Londrina (PR). 

 

O Ministério Público Federal acusou o ex-deputado de comprar o apartamento de forma irregular com dinheiro de propina.

 

A maioria da 8ª turma do tribunal, que julga os casos relacionados a Lava Jato, entendeu que não é possível comprovar a lavagem de dinheiro por meio da compra do imóvel. Segundo o desembargador Leandro Paulsen, a casa foi comprada em janeiro de 2011 e os valores pagos em propina teriam sido feitos entre 2013 e 2015.

 

Os dois réus já foram condenados pelo tribunal, em outro processo, em maio de 2017. André Vargas por corrupção passiva e lavagem de dinheiro a 13 anos e 10 meses de prisão e o irmão dele por lavagem de dinheiro a 10 anos e 10 meses.

 

O ex-parlamentar, que já foi vice-presidente da Câmara dos Deputados, foi o primeiro condenado pela Lava Jato e está preso desde abril de 2015.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique