Ex-executivo da Odebrecht diz que doou R$ 23 milhões para campanha de Pezão

01:23 Política, Notícias 15/08/2018 - 19h26 Rio de Janeiro Embed

Joana Moscatelli

O ex-executivo da Odebrecht Benedito Júnior, conhecido como BJ, afirmou à Justiça Federal do Rio de Janeiro que doou R$ 23 milhões em caixa 2 à campanha de Luiz Fernando Pezão ao governo do estado. 

 

Segundo depoimento ao juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal, a doação ocorreu em 2014, a pedido do então governador Sérgio Cabral. Benedito Júnior falou que parte do recurso, 1 milhão de euros, foi paga no exterior e que o restante R$ 20 milhões no Brasil.

 

Ele depôs, nesta quarta-feira,  como colaborador da Justiça na Operação Cadeia Velha, desdobramento da Lava Jato no Rio. Por meio da assessoria de imprensa do governo do estado, Pezão reafirmou que todas as doações foram feitas de acordo com a legislação eleitoral.

 

O ex-executivo da Odebrecht também confirmou que fez pagamentos em caixa 2 ao presidente licenciado da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), Jorge Picciani, e para o deputado estadual Paulo Melo, ambos do MDB.

 

Benedito afirmou que não conhece o deputado Edson Albertassi, outro parlamentar acusado na Operação Cadeia Velha. A Operação investiga deputados estaduais integrantes da cúpula do MDB na Alerj.

 

Os parlamentares são acusados de receber propina para garantir aprovação de medidas a favor de empresas de construção civil e do setor de transporte público.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique