Manuela D'Ávila e Haddad falam sobre aliança para concorrer às eleições

02:40 Política, Notícias 08/08/2018 - 12h37 São Paulo Embed

Eliane Gonçalves

O ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad, do PT, e a deputada estadual Manuela Dávila, do PCdoB do Rio Grande do Sul, falaram pela primeira vez à imprensa desde que foi anunciada a aliança entre os dois partidos no domingo (5).

 

Manuela explicou porque abriu mão da própria candidatura para apoiar a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

 

Mas, o nome de Lula ainda pode ser impugnado pelo TSE, o Tribunal Superior Eleitoral.

 

Uma situação que só deve ser decidida no início de setembro.

 

Enquanto isso,  Fernando Haddad, anunciado como candidato a vice, vai representar Lula. Se o ex-presidente não puder concorrer, Haddad poderia assumir a cabeça de chapa. Mas, a única garantia dada pelos aliados foi de que com Lula ou sem Lula, Manuela assume a vaga de vice na aliança que também conta com o apoio do PROS e do PCO.


Sobre as propostas da candidatura, Haddad falou de ampliar a concorrência no setor bancário e também nos meios de comunicação.

 

O primeiro desafio da chapa nessa área vai ser o debate marcado para acontecer na próxima quinta-feira (9) pela Rede Bandeirantes.

 

Como Lula não foi autorizado pela Justiça a participar e a emissora anunciou que não vai convidar Haddad, ele e Manuela planejam fazer um debate paralelo pela internet respondendo às questões feitas aos candidatos que estiverem no estúdio da emissora.

 

Durante a coletiva, Manuela explicou que para mostrar aos eleitores que a dupla representa o ex-presidente, vão usar como referência o imóvel que levou Lula a ser condenado pela justiça e vão dizer que o trio é o verdadeiro triplex.

 

Deseja fazer algum tipo de manifestação?

Favor copiar o link do conteúdo ao apresentar sua sugestão, elogio, denúncia, reclamação ou solicitação.