Padilha diz que dinheiro não resolve problema de Roraima e defende transferência de venezuelanos

02:05 Política, Notícias 28/08/2018 - 16h18 Brasília Embed

Danyele Soares

O governo federal descarta neste momento enviar mais dinheiro para Roraima para atender os venezuelanos. A afirmação é do ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha. Mesmo com pedidos da governadora Suely Campos de ressarcimento dos cofres estaduais, o ministro argumenta que o envio de mais recursos não vai resolver o problema e diz que o foco é a interiorização.

 

Eliseu Padilha também comentou a saída do líder do governo no Senado, Romero Jucá, do MDB de Roraima, por causa da situação no estado. De acordo com o ministro, a decisão do senador é uma perda para o governo. Mas Padilha disse que Jucá escolheu ficar ao lado dos eleitores.

 

O ministro informou que a substituição de Romero Jucá é uma decisão do presidente e que Temer ainda não bateu o martelo sobre o assunto.

 

Romero Jucá deixou a liderança do governo por discordar da forma como o Palácio do Planalto tem conduzido a situação em Roraima. O senador, que é candidato à reeleição, defende que o governo feche a fronteira. Mas Temer já descartou a possibilidade.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique