Reajuste do STF: Temer diz que se aprovado pelo Congresso vai analisar o texto

01:15 Política, Notícias 10/08/2018 - 18h44 Brasília Embed

Kariane Costa

Durante evento em Goiânia, o presidente Michel Temer comentou sobre o possível reajuste dos ministros do Supremo Tribunal Federal. Ao ser questionado, Temer preferiu a cautela e disse que se aprovado pelo Congresso  Nacional vai analisar o texto, quando chegar ao Planalto.

 

A proposta de reajuste salarial dos ministros  foi encaminhada ao Congresso há 3 anos. Em 2016, a Câmara aprovou o reajuste, mas o  texto ficou parado no Senado porque não havia previsão orçamentária para o aumento dos juízes.

 

Desta vez, para a proposta de reajuste salarial de 16% começar valer deve ser aprovada pelo Senado sem ser modificado caso isso aconteça volta para Câmara e só  depois vai à sanção  do presidente Michel Temer.

 

Hoje o salário de um ministro do Supremo é de  R$ 33,7 mil com a aprovação do reajuste pode passar para R$ 39,3 mil.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique