TRE de Mato Grosso cassa mandato do senador José Medeiros

02:28 Política, Notícias 01/08/2018 - 18h15 Brasília Embed

Renata Martins

Por unanimidade o Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso cassou o mandato do senador José Medeiros, do Podemos.


Para os desembargadores, o político inverteu a ordem dos suplentes na ata da convenção partidária da coligação vencedora nas eleições de 2010, com Pedro Taques, do PDT, como cabeça de chapa para o Senado.


Após quatro anos de mandato, Taques foi eleito governador de Mato Grosso. A vaga foi ocupada em 2015, pelo Policial Rodoviário Federal José Medeiros, indicado como primeiro suplente.

 

O empresário Paulo Fiúza, do PV, deu entrada na Justiça eleitoral pedindo a anulação da ata e do registro de candidatura de Medeiros. Fiúza alegou que a convenção havia escolhido seu nome como primeiro suplente e o José Medeiros como segundo. Porém, a Ata foi adulterada para alterar a ordem.

Leia mais

 

José Medeiros disse estar estarrecido com a decisão. Ele chamou a acusação de conversa fiada e um argumento furado para tirá-lo da vida pública.

 

O mandato que Medeiros assumiu como suplente acaba em janeiro de 2019. O político buscava permanecer como senador e estava em pré-campanha. No julgamento realizado na noite dessa terça-feira, o TRE também cassou seus direitos políticos por oito anos e ele está inelegível.



Segundo o tribunal, Medeiros pode recorrer, mas fora do cargo. Como a decisão é imediata, o afastamento do senador cassado e a diplomação de Fiúza devem ocorrer ainda essa semana, após a publicação do Acordão.

 

Nas eleições deste ano, cada estado vai eleger dois dos seus três senadores. Na urna eletrônica, aparece nome e foto do candidato e dos dois suplentes.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique