Após reunião no Congresso, reitor da UFRJ pede políticas públicas de apoio a prédios históricos

02:36 Política, Notícias 04/09/2018 - 16h34 Brasília Embed

Sayonara Moreno

Dois dias após o incêndio que destruiu 90% do acervo do Museu Nacional, no Rio de Janeiro, o Presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia se reuniu com deputados federais da bancada fluminense, no Congresso Nacional.

 

Maia esteve, também, com o reitor da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Roberto Leher, e o Diretor do Museu Nacional, Alexandre Kellner.

 

Após a reunião, que durou menos de uma hora, Maia mencionou que as votações da câmara a respeito do orçamento do ano que vem para a reconstrução do museu, dependem do texto da Medida Provisória a ser publicada pelo executivo.

 

Entre as propostas discutidas na reunião do legislativo, Rodrigo Maia citou a criação de uma comissão e a destinação de emendas parlamentares; o que também depende da MP.

 

Após o encontro, o reitor da UFRJ, Roberto Leher, destacou que, no Brasil, não existe política de apoio a prédios históricos, o que precisa ser lembrado nas políticas públicas. Ele também mencionou que está sendo elaborado um projeto emergencial de proteção a outros prédios da UFRJ.

 

Após a reunião na Câmara, Rodrigo Maia, o presidente do museu e o reitor da universidade seguiram para uma reunião com o presidente Michel Temer, no Palácio do Planalto.

 

Após o encontro, saíram sem falar sobre os pontos discutidos.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique