Em discurso na ONU, presidente Temer destaca a democracia brasileira e critica a intolerância

01:54 Política, Notícias 25/09/2018 - 15h23 Brasília (DF) Embed

Danyele Soares

Em discurso de abertura da Assembleia-Geral das Nações Unidas, o presidente Michel Temer destacou a democracia brasileira e criticou a intolerância, o unilateralismo e tendências isolacionistas. Disse que como resposta a essas ações, o Brasil propõe mais abertura e integração.  

 

Ao se referir às eleições brasileiras, disse que a alternância no poder faz parte da alma da democracia. Defendeu que o povo vai às urnas em outubro como está previsto na Constituição e que assim deve ser sempre.

 

Completou dizendo que vai deixar a presidência com a tranquilidade do dever cumprido. E destacou o diálogo e a solidariedade do Brasil para combater a intolerância.

 

Temer t ambém citou a crise migratória na Venezuela. Disse que o Brasil tem acolhido o povo da nação vizinha, com a construção de abrigos, a emissão de documentos, acesso a saúde e educação e falou sobre a interiorização.

 

O presidente ainda citou o tráfico de pessoas, de armas e de drogas, a lavagem de dinheiro e a exploração sexual. Disse que esses crimes que não conhecem fronteiras. E que esses delitos só são combatidos com políticas e ações concertadas.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique