Justiça nega recurso de defesa de Lula para desconsiderar documentos de Odebrecht

01:02 Política, Notícias 27/09/2018 - 10h52 Brasília Embed

Danyele Soares

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região, em Porto Alegre, negou um recurso da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que pedia a declaração de falsidade de documentos apresentados pelo empresário Marcelo Odebrecht, no julgamento da Operação Lava Jato.


De acordo com o tribunal, os documentos serviriam como prova para ação penal que investiga a prática de crimes de corrupção e lavagem de dinheiro em que a Odebrecht teria pago, sistematicamente, vantagens indevidas a executivos da Petrobras e a agentes políticos, em contratos firmados com a estatal.


Para o relator dos processos da Lava Jato na Corte, o desembargador João Pedro Gebran Neto, não é possível extrair qualquer indicativo de falsidade dos documentos.


Mas a defesa alegou que era inviável o aproveitamento processual de perícia técnica da Polícia Federal realizada nos documentos.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique