PF aumenta escolta para candidatos à Presidência; segurança terá 25 policiais

01:00 Política, Notícias 09/09/2018 - 11h57 Brasília Embed

Victor Ribeiro

A escolta de policiais federais para candidatos à Presidência da República deve aumentar de 21 para até 25 agentes. Dos 13 candidatos, 5 solicitaram acompanhamento da Polícia Federal.

 

A distribuição do efetivo será planejada conforme a agenda de campanha. Quando sofreu o atentado em Juiz de Fora, na última quinta-feira, o candidato do PSL, Jair Bolsonaro, era acompanhado por 13 dos 21 policiais federais colocados à disposição dele.

 

O anúncio do uamento de efetivo  foi feito pelo diretor-geral da Polícia Federal, Rogério Galloro, que se reuniu, nesse sábado, com representantes das campanhas dos presidenciáveis. Durante o encontro, Galloro reforçou as orientações sobre os protocolos de segurança.

 

Participaram da reunião representantes dos candidatos Álvaro Dias, do Podemos; Marina Silva, da Rede; Ciro Gomes, do PDT; e Geraldo Alckmin, do PSDB. O PSL, partido de Bolsonaro, não enviou nenhum representante à reunião.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique