Toffoli defende a Constituição e diz que ela representou um pacto social

02:05 Política, Notícias 26/09/2018 - 10h50 Brasília Embed

Samanta do Carmo

Para o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), José Antônio Dias Toffoli, a Constituição de 1988, que faz 30 anos em outubro, conseguiu garantir os direitos dos diferentes segmentos da população brasileira e por isso representou um pacto social.


A afirmação foi feita durante entrevista exclusiva à TV Brasil, veículo da Empresa Brasil de Comunicação (EBC).


Toffoli também disse que a democracia é plural e que o resultado das eleições precisa ser respeitado.


O novo presidente da Suprema Corte comentou que assuntos como as descriminalizações da maconha e do aborto não podem ser decididos isoladamente pelo Judiciário, porque quem faz as políticas públicas são os demais poderes.


Toffoli assumiu o comando do STF em 13 de setembro e passou os últimos três dias como presidente interino da República enquanto Michel Temer participava da Cúpula da ONU, nos Estados Unidos.


Nessa terça-feira (25), ele conversou com a imprensa, no Palácio do Planalto, e afirmou que o papel da Suprema Corte nas eleições é garantir o cumprimento das leis.


Nesta quinta-feira (27), Toffoli vai conceder uma nova entrevista aos jornalistas de rádio, já de volta ao posto de presidente do STF.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique