Bolsonaro diz que eventual governo será composto por militares e civis

02:02 Política, Notícias 17/10/2018 - 09h56 Brasília Embed

Fabiana Sampaio

O candidato à presidência da República pelo PSL, Jair Bolsonaro, afirmou que não entende o preconceito contra militares e que, caso seja eleito, eles vão compor o governo dele não pelo posto que ocupam, mas pela capacidade que têm de fazer um bom trabalho.

 

Em entrevista exclusiva ao SBT na noite desta terça-feira (16), transmitida ao vivo da casa dele no Rio de Janeiro, Bolsonaro ainda afirmou que civis também estarão em seu governo, se for eleito.

 

O candidato garantiu que não pretende desrespeitar a legislação na área de segurança e que quer fazer mudanças no Código Penal.

 

Na área da economia, o presidenciável afirmou que não tem resposta imediata para o desemprego, mas que é preciso facilitar a vida de quem produz.

 

Sobre a previdência, Bolsonaro avalia que pode propor alguma mudança, mas não pode igualar os benefícios dos militares aos dos civis, já que as duas categorias tem direitos trabalhistas diferentes.

 

Jair Bolsonaro, que se recupera dos procedimentos cirúrgicos após o atentado a faca que sofreu em setembro, não teve compromissos externos.

 

Ele também manteve contato com eleitores através das redes sociais.

 

Na proxima quinta-feira (18), o candidato deve ser submetido a uma nova avaliação pela junta médica que o acompanhou no Hospital Albert Einstein.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique